quarta-feira, 28 de novembro de 2012

I need you - Cap. (28)

...Pra onde foi aquele moleque cara , ah que raiva quando eu acha-lo vou jogar na cara dele esse celular... mas, hum será que ele foi ...? não sei , quer saber vou lá. -pensei-...
Sai andando há caminho da praia , eu não sabia exatamente se ele estava lá , mais havia um pressentimento em mim. Subi as escadas do farol , tava tudo escuro por conta que aquele farol era abandonado a luz dele já não acendia mais.

Drica: Justin? -disse quando vi ele, apoiado seus cotovelos nas grades inclinado de frente ao mar. Ele nem ao menos olhou para trás- você esqueceu seu celular lá em casa e ... ai eu vim a qui pra ver se você estava -ri de lado se aproximando dele- toma -estendi minha mão entregando o celular a ele , que apenas virou e pegou de minha mão e voltou a olhar pro mar sem nem pediu obrigado- DE NADA -disse ignorante me encostando também na grade- (5 minutos depois ... ) vai ficar me dando gelo ? -disse normal-

Justin: (silêncio ...)

Drica: o gato comeu a sua língua idiota ? -falei rude-

Justin: (silêncio ...)

Drica: então tá , adeus -ia saindo até que ele pega em meu braço-

Justin: não espera -me olhou- fica aqui -me soltou-

Drica: não entendo , quem deveria estar com raiva aqui era pra ser eu , e não você -disse com raiva-

Justin: deixa de ser ignorante por uma vez só patricinha -disse com uma expressão de raiva-

Drica: eu a ignorante ? -ri sínica- primeiro você me entrega pro meu tio , depois diz que meu namorado é um drogado, e agora eu sou a ignorante ? 

Justin: eu já pedir desculpas mais cedo , e o que você fez saiu e foi atrás dele -virou o rosto-


Drica: você queria o que eu fizesse o que ? queria que eu fala-se " ah ta desculpado Justin meu amor , tá tudo bem ta bom? " -fiz o sinal das escamas com a mão-


Justin: não, já que me odeia tanto -sua voz ficou meio rouca-


Drica: eu não te odeio, só acho que você é muito ... -respirei- orgulhoso -disse com uma voz suave-


Justin: essa palavra, não existe no meu dicionário -saiu dali triste-


Apenas fiquei lá parada , me sentia um pouco mal por ter dito isso a ele mais ele não me deixa nenhuma dúvida sobre isso.


Justin: -se virou para mim- eu vou te provar que não sou nada disso -olhou pra frente e desceu as escadas-


Dez segundos depois refletindo sai dali também bem atrás dele ele ia mais na frente e eu logo atrás, apressei meus passos e o acompanhei.Ele estava com suas mãos dentro dos bolsos, peguei seu braço e o entrelacei como quando uma pessoa está se casando, ele tirou seu braço , e me abraçou de lado.Fomos o caminho todo sem dar uma palavra até eu ir pra minha casa e ele para dele e mesmo assim , sem dar um tchau.Entrei em casa e já era umas 18:30 avisei meus tios que Drake viria jantar hoje aqui eles disseram tudo bem , subi para meu quarto em busca de achar uma roupa legal. Não foi difícil de encontrar, uma roupa bem legal minha cara, entrei no banheiro tomei um banho bem demorado , fiz uma make bem legal um rabo de cavalo em meus cabelos e me vestir.


(perft <3)

Desci para sala e fui ver um pouco de tv , meus tios ainda estavam em seu quarto comecei a assistir o bob esponja que passava , ah cara eu amava aquele desenho.Estava tão entertida que não escultei a campainha tocar pela primeira vez , só ouvir na segunda vez.Fui abrir e era o Drake.Ele estava ... lindo de mais.

(escolham)

Drake: tá linda -sorriu e me beijou-

Drica: digo o mesmo -puxei em seu braço para entrar-

Scooter: epa , já estou aqui em -descia as escadas com minha tia o encarando-

Carin: amor -deu um leve puxão no em seu braço-

Drake: prazer senhor , Drake Pawer -estendeu a mão nervoso para meu tio-

Scooter: prazer , Scooter Braun apenas -referiu por que Drake falou senhor-

Drica: é , hã hã -pigarrei- vamos jantar -sorri-

Carin: vamos sim.

Fomos para a cozinha, cada um se serviu claro meu tio não dava um sorriso apenas o encarava.

Scooter: bem Drake, qual é o o seus planos no futuro -o olhou-

Drake: hã -colocou sua mão em sua boca e pigarrou- bem , eu pretendo fazer medicina lá no Brasil , no futuro para ficar mais perto da Drica -me olhou e sorriu-

Scooter: você sabe que apartir do dia que ela voltar , você vai encara o pai dela certo ?

Drake: já estou conciênte disso.

Scooter: bem , e quantos anos você tem ? 

Drake: é ... 20 .

Scooter: como assim 20 ? você sabe que ela é de menor .

Drica: tio , a diferencia é só de 3 anos né .

Scooter: certo .

(...)
Uma hora depois de muita conversa.

Drake: Senhor e senhora Braun , eu vim aqui para pedir a Drica oficialmente em namoro para vocês
 -disse nervoso , coloquei minha mão em cima da sua-

Carin: eu te achei muito legal Drake,um garoto educado, simpático, além de já te conhecer por mim eu deixo -sorriu-

Todos na mesa olharam para meu tio.

Scooter: o que foi ? -fez de desentendido-

Carin: amor ? 

Scooter: tudo bem -Drake me deu um beijo- mas com uma condição, se você magoar a minha princesa , você vai se ver comigo -disse sério-

Drake: eu nunca faria isso -me olhou e me deu um abraço-

Ficamos conversando por horas e horas até ficar meio tarde.

Drake: a conversa estava ótimas , mais tenho que ir -se levantou da mesa e se despediu de minha tia e meu tio-

Drica: eu te levo até a porta -me levantei e fui-

Ficamos conversando, trocando carinhos até ele ir , fui até a cozinha dar boa noite e subi para meu quarto, peguei meu celular e vi uma mensagem do Justin.

Justin: "Fui um tremendo idiota grosso ,rude , mais vou te provar que não sou nada de que você imagina, bom sonhos beijos"

Um sorriso bobo veio em meu rosto , joguei meu celular em cima da cama e fui tomar um banho , voltei pra cama e apaguei de vez amanhã iria ser um dia muito corrido.

-----------------------------------------------

QUERO COMENTÁRIOS GENTE , JÁ TÔ SEM MOTIVOS PRA FICAR POSTANDO AQUI , NÃO DAR MAIS NEM ANIMAÇÃO MAIS :/

4 comentários:

  1. Awwwwwwwwwwwwwn, Meus pais deixaram eu namorar o meu amoreco Drake >,<
    Cooontinuaaaaaa

    ResponderExcluir