sábado, 24 de novembro de 2012

I need you - Cap. (27)

...bem... o idiota não conseguiu e perdemos, eu lavava e ele enxugava ...

Drica: por que você fez isso ? -parei e olhei para ele-

Justin: eu fiz o que -tirava o prato o escorredor-

Drica: você sabe muito bem o que eu estou falando .

Justin: não fiz nada de mais , uma hora ou outra seu tio iria saber.

Drica: mas era para ele saber por mim.

Justin: e não foi ?

Drica: eu fui obrigada a falar. -olhei sério- é por isso que não dar para sermos amigos. -ficamos em silêncio-

Justin: desculpa -encostou na banqueta-

Drica: tudo bem , você já é acostumado de tornar minha vida um inferno.

Justin: é sério mesmo Drica, saiu sem querer -se desculpou-

Drica: tudo bem.

Justin: mais não mudo minha opinião , ainda não gosto dele você merece coisa melhor que um... -interrompi-

Drica: eu sei o que vai dizer e , mais se você falar eu juro que mais nunca fala com você -disse sem nenhuma expressão-

Justin: certo, mais você sabe -enxugou o último prato-

Sai dali disparada e fui par a casa do Drake , era melhor que ficar discutindo com esse idiota.

Drake: oi amor -sorriu a me ver-

Drica: oi -dei um selinho e entrei, fomos para o seu quarto-

Drake: tudo bem ? -levantou uma das sobrancelhas-

Drica: sim -ri de lado-

Drake: que tal darmos uma volta -sentou na cama-

Drica: ah, não sei -revidei os olhos e sentei em seu colo-

Drake: ah vamos -me deu um beijo-

Drica: tá bom -saímos e fomos dar uma volta pelo quarteirão-

Enquanto andávamos , Drake parecia muito bem humorado, mais diferente, carinhoso, não parava de dizer que me amava, aquilo me fazia tão bem. Dobramos a esquina e havia uns cinco garotos em uma rodinha em pé.

Drake: merda ! -disse baixo, mudando logo de expressão-

Drica: o que disse ? -ri sem entender-

Drake: nada ,nada -riu forçado e me deu um selinho-

Fomos se aproximando cada vez mais ,e um deles direcionou a palavra com o Drake.

xXx: olha ai o desaparecido . -saiu da rodinha se virando de frente para nós-

Drake: oi -falou seco-

xXx: que gata é essa ai mano ? -chegou perto de mim-

Drake: ela...ela é minha namorada -percebi que ele não queria falar o que eu era-

xXx: o Drake? namorando ? -começaram a rir-

Drica: sim , algum problema ? -ri sínica-

xXx: não, magina -me arrodeou- parabéns em Drake , gostosa pra caralho -sorriu malicioso-

Drake: mais respeito, por favor -apertou minha mão forte, parecia com muita raiva-

Drica: vamos embora -apertei sua mão de leve-

Drake: vamos -deu um passo-

xXx: mais já ? fica mais um pouco -passou na frente de Drake-

Drake: sai da minha frente -o encarou-

xXx: calma ae parceiro , pode ir -deu de mãos abrindo passagem para passarmos-

Saímos e Drake não dava uma palavra se quer. Parecia triste não sei como explicar sua expressão.

Drica: quem era eles ? -perguntei-

Drake: ninguém -continuou andando-

Drica: como ninguém ? -olhei para ele-

Drake: NÃO ERA NINGUÉM -gritou-

Drica: PARA DE GRITAR COMIGO -gritei de volta-

Drake: desculpa amor -me abraçou-

Drica: tudo bem , mais se você não confia em mim Drake ... não vai dar certo -me afastei-

Drake: eles que me vendiam as drogas , eu não queria que ele me vissem com você , tenho medo que eles possam fazer algum mal com você ou minha mãe -abaixou a cabeça triste-

Drica: hey -levantei sua cabeça- eles não vão fazer nada -sorri e dei um beijo-

                

Drake: cara , eu tenho tanta sorte - alisou meu rosto com suas mãos-

Drica: -ri- tenho uma coisa pra te fala.

Drake: o que princesa? 

Drica: meu tio já sabe que estamos namorando , e ele quer te conhecer ainda hoje -ri-

Drake: HÃ ? -se espantou-

Drica: ah vai , ele já deixou namorarmos ele só quer te conhecer -fiz voz de criancinha-

Drake: agora que você vem me dizer ? eu não estou preparado -disse nervoso-

Drica: ele não vai te matar -fiz cara de tédio-

Drake: tudo bem eu vou , de que horas ?

Drica: ás 20:00 horas.

Drake: tudo bem.

Saímos da li e ele me levou até em casa , dessa vez até a porta , não tíamos mais nada a esconder ficamos nus despedindo uns 5 min até eu entrar.

Drica: CHEGUEI -gritei-

Carin: certo -gritou do quarto de cima-

Fui até a cozinha beber um pouco de água até que sento em algo .

Drica: um celular ? -mexi nele- meu número ? -liguei para meu celular que apareceu o número do Justin- ah legal , o idiota esqueceu aqui em casa .

Sai e fui até a casa dele.

(...)

Drica: oi Pattie, o Justin está ? -perguntei na porta-

Pattie: não meu anjo , achei que ele estava na sua casa -respondeu confusa-

Drica: ah , é mesmo esqueci é que eu tinha chegado agora da rua -ri- obrigado senhora Pattie -agradesci-

Pattie: não precisa senhora meu anjo , me deixa mais velha -rimos-

Drica: certo , Pattie -sorri novamente sai-

Pra onde foi aquele moleque cara , ah que raiva quando eu acha-lo vou jogar na cara dele esse celular... mas, hum será que ele foi ...? não sei , quer saber vou lá. -pensei-

--------------------------------------------

AMORES , DESCULPEM ERA PARA TER POSTADO ESSE CAP. ONTEM , MAIS NÃO POSTO E EU FUI VER AGORA.
CONTINUA ????
PARA ONDE ELES FORAM ? 
COMENTEM 3+


3 comentários:

  1. OMB OMB Continuaa!!
    Tá perfeitoo!!
    Noova leitora aquii!!
    Minha amiga recomendoou e eu vim ler..
    to AMANDOO!!
    @LeBelieve94

    ResponderExcluir