quarta-feira, 29 de maio de 2013

As Long As You Love Me - Cap (20)





" Ela era uma patricinha , ele um sem coração , mas o amor que sentiam era real , eles se mereciam " 


_Garota maluquinha , por que você é tão especial pra mim ? por que ? -ri do meu próprio comentário e fechei meus olhos ainda com um largo sorriso , dormi sobre o aconchego da garota mais perfeita que meus olhos se encantaram-

O dia ainda não havia amanhecido , olhei para cama e só havia eu deitado nela , olhei para a janela tendo a certeza que o sol ainda não raiva . Um barulho estranho ecoou pelo meu quarto sem pensar duas vezes pegue minha arma no cômodo dentro da gaveta e me levantei . O barulho era de tosses e vinha do banheiro , com minha arma apontada para frente olhei pela frecha da porta do mesmo e vi (SN) agachada no chão com sua cabeça enterrada no vaso sanitário , joguei minha arma atrás do armário e abri a porta .

_(SN) você tá bem ? -disse chegando perto dela -

(SN): sai daqui Justin! -ela tentou tampar o rosto-

_Tá doida ? você tá passando mal -me sentei na beirada da banheira-

(SN): eu não quero que você me veja assim ....AI -ela colocou a cabeça de novo dentro botando tudo pra fora-

Eu não sabia o que fazer , apenas tentei segurar seus cabelos que atrapalhava um pouco .


_Você não sabe beber -fiz uma careta virando pro lado aquilo era muito podre , ela enfim parou e levantou o rosto dando descarga no vaso . Entreguei uma toalha a ele que limpou a boca-

(SN): eu só misturei algumas bebidas...Tequila e vodca não achei que iria dar nisso -ela sentou no chão lá mesmo-

_Te encontrei com uma garrafa e Wísque isso torna três bebidas , não é bom misturar nunca da certo -sorri fraco para ela-

Ela me olhou de uma forma triste , seu olhar era amargo e magoado  eu não tinha coragem de olhar em seus olhos aquilo me deixa para baixo eu gostava de ver ela sorrindo , fazendo birra ou até mesmo me xingando , menos ver-la triste desviei o meus olhar dos seus .

(SN): por que você está me ajudando ? achei que me odiá-se .

_É claro que eu não te odeio -disse dizendo como se fosse óbvil-

(SN): e por que isso tudo a agora ?

_É...é melhor irmos dormir -me levantei e estendi minha mão para ela-

Ela se levantou sozinha sem pegar em minha mão , ainda um pouco zonza ela foi caminhando para a cama e se jogou nela indo pro canto ficando de costas para o meu lado . Apaguei a luz do banheiro e sai do quarto , a casa estava toda escura como de costume . Desci para a cozinha e peguei um copo com água e voltei pro quaro . Ela já dormia percebi por que quando ela pega no sono ela bota a mão por baixo do rosto como se tive-se rezando  , voltei a me deitar na cama e me virei para o seu lado , imaginando como será quando o dia amanhecer , o que ela vai dizer , o que ela vai fazer , o que é que vou fazer ? comecei a deslisar meus dedos em suas costas carinhosamente mais ela dormia feito pedra e nem se mexia , eu queria tanto ver-la sorrir que nem uma idiota ou então deixar ela emburrada , cara vocês não tem noção como gosto de deixa-la com aquele senho bravo e logo depois só sai um mote de merda , mais é diferente de ver-la triste eu nunca queria que ela passa-se por isso e ainda mais por causa de mim .



(SN) P.O.V

A luz invadia aquele quarto de uma forma mal educada , o que estou falando ? oh merda os raios solares eram tão fortes que minha cabeça estava prestes a explodir em alguns segundos , tentei me espreguiçar mais parecia que tinha uma pedra ao meu lado . Algo pesava em minha cintura olhei e vi uma mão que parecia ter uns mil quilos , me virei pra identificar quem era mais eu realmente já sabia . Era a coisa mais fofa que eu já via em toda minha vida , cara era um bebê ? ou eu estava no paraíso ? ele mantia seu rosto bem próximo a mim com um lençol  por baixo do seu rosto , em um momento me esqueci de tudo que ele me disse ontem , esqueci que ele era uma pessoa estranha , que sempre tinha um senho bravo ou só sorria quando conseguia tirar alguém do sério . O sol estava lindo mais embaralhava um pouco minha vista , coloquei minha mão na frente sentindo o calor que ele provocava .


Me levantei da cama e fui até o banheiro , lavei o meu rosto e me olhei no espelho percebendo que eu não estava com a minha roupa da festa arregalei meus olhos  e olhei pro cesto vendo meu vestido em cima . Não ele não pode ter feito isso , eu estava vestida em um moletom branco bem grande e largo tudo bem que era quentinho e aconchegante mais ele me viu de calcinha e sutiã ? andei em passos rápidos até a cama e peguei um travesseiro furiosa , contei até dez vendo aquele anjo deitado dormindo feito criança assim que ganha peito seria uma pena se alguém acorda-se ele e...

_SEU SAFADO! -dei três travisserada nele fazendo ele se acordar todo atordoado-

Justin: TÁ MALUCA GAROTA ? QUER DIZER VOCÊ JÁ É UMA NÉ -ele sentou na cama gritando e coçando os olhos-

_VOCÊ TIROU MINHA ROUPA SEU SACANA -joguei o travesseiro nele-

Justin: TIREI MESMO E TE DEI UM BANHO POR QUE VOCÊ TAVA BÊBADA E JÁ TINHA COMEÇADO A FALAR MERDA -ele jogou o travesseiro no chão- 

_Você não tinha esse direito -cruzei os braços deixando uma parte de minha perna a amostra-

Justin: não se preocupe -ele se levantou vindo em minha direção- eu nunca faria nada com você e ainda mais indefesa -ele esbarrou em meu braço indo para o banheiro batendo fortemente a porta-

Ai cara eu só faço merda mesmos , eu só falo merda mesmo eu sou uma merda mesmo! Sai do quarto batendo os pés no chão , desci direto pra cozinha estava varada de fome minha sorte era que Margaret estava lá e levou um grande susto ao me ver e ainda mais com meus trajes .

Margaret: menina (SN) você quer me matar de susto ? -ela colocou a mão em seu coração , fui até ela e dei um beijo em sua bochecha ela era muito especial agora para mim-

_Tõ com fome -disse seca-

Margaret: eu não fiz nada por que o senhor Justin nunca come aqui fim de semana e ainda mais com Pattie viajando .

_Pattie está viajando ?

Margaret: está ela foi para casa dos pais dela e levou a Mel .

_Bem que a casa estava silenciosa , queria ter me despedido -fui até a geladeira procurando algo- 

Margaret: mais foi derrepente que ela decidiu ir .

_Hum -encontrei um potão de sorvete , sorri encantada e peguei ele que era logo do meu preferido creme com morango-

Margaret: meu Deus isso não é hora para tomar sorvete -Justin entrou vestido em um shorts com a mesma cara nada boa , apenas ignorei e sentei no balcão me deliciando com aquele pote de sorvete- bom dia senhor Justin ? -ela disse sorrindo enquanto ele ia até o armário-

Justin: bom dia -ele puxou uma caixa de sucrilhos e uma caixa de leite-

Margaret: não quer que eu prepare um almoço bem gostoso para os dois -disse empolgada- sei que já é 12:40 da tarde mais eu posso fazer um macarrão ao molho branco-

Justin: não precisa Margaret -ele sentou quase do meu lado em outro balcão-

Eu comia aquele pote de sorvete como se toda a comida do mundo fosse acabar mais não conseguia tirar os olhos dele e já que sou 
(Nome completo) e nada normal o que custa provocar não é ?

_Tá gostoso ? -disse com a boca cheia do sorvete , ele levantou o rosto e me olhou-

Justin: o que ? -ele parou de comer me olhando-

_Me da um pouco disso ai .

Justin: não , faz um pra você -antes que ele desse uma colherada puxei sua tigela com tudo fazendo ele soltar a colher e bufar de raiva-

_Eu só quero ver só -levei a tigela até a minha boca e bebi o leite deixando quase nada , botei ela de volta na mesa e limpei minha boca- isso tá bom . -vocês devem tá se perguntando de onde vem tanta fome certo ? cara eu só fico assim quando bebo me da uma fome que como qualquer coisa-

Justin: você não existe -ele puxou a tigela pra ele colocando mais leite-

_É...Justin ? -afastei o pote de sorvete de mim-

Justin: hum ?

_Desculpa por hoje mais cedo...

Justin: tudo bem , você só me enxerga como uma pessoa má , um monstro pra ser mais especifico -vi Margaret se retirando e indo pra sala-

_Você sabe que eu mudei o jeito de enxergar você  .

Justin: será mesmo (SN) por que hoje mais cedo não parecia .

_Você que que eu faça o que ? que eu diga " nossa Justin muito obrigada por me dar banho e tirar minha roupa "

Justin: SERÁ QUE VOCÊ NÃO VÊ CARALHO ? -ele deu um soco na mesa-

_O QUE ? ME DIZ ?

Justin: esquece!

_Eu nunca vou te entender -me levantei do balcão indo até as escadas mais acho que só tinha consegui dar três passos até sentir uma tontura , me escorei na lateral da porta tentando ficar em pé , ouvi um barulho de cadeira sendo arrastado e logo senti duas mãos tocarem em mim-

Justin: o que você tem ? -sua voz saiu preocupada-

_Me larga -tentei tirar suas mãos de cima de mim mais foi em vão-

Justin: não é hora de bancar a orgulhosa -ele me levou até o sofá-

_Quero ir para casa .

Justin: não desse jeito .

_Eu vou ligar pro meu pai -estendi minha mão até o telefone residêncial minha vista já voltava ao normal meu sistema nervoso as vezes se abala mais que o normal ,  disquei o número do meu pai e no segundo toque ele atendeu- alô pai ?....não , tá tudo bem -sorri fraco- o senhor ja está em casa ?...não é que eu fui...é eu dormi na casa da Morg...hum...não vai pra casa hoje ?....não pai não se preocupa...tá bom , te amo -desliguei o telefone e coloquei ele de volta-

Justin: nem pense , você não vai sari daqui hoje você não está bem .

Merda de domingo , Lucy não trabalhava fim de semana la e tinha que me virar sozinha .

_Eu sei me virar sozinha .

Justin: deu pra ver ontem -ele sotou uma risadinha-

_E o que aconteceu ontem ?

Justin: tá vendo isso aqui ? -ele apontou pra o canto da boca onde havia um corte- ISSO AQUI FOI POR CAUSA DE VOCÊ , EU ENTREI EM UMA BRIGA POR VOCÊ SABE POR QUE ? -eu estava de boca aberta lembrando da noite passada- FOI PRA TE DEFENDER QUEIRA VOCÊ OU NÃO EU SEMPRE VOU FAZER ISSO -ele saiu dali subindo as escadaria e voltando para o quarto , ouvi o estrondo da porta se chocando quando ele bateu ela-

Fiquei ali parada analisando as sequências de merda que falei , como pode sair tanta coisa fútil de mim ? subi as escadas correndo e abri a porta com tudo , ele estava de costas com os braços cruzados olhando a varanda . Corri e o abracei por trás  , é eu estava chorando sabe por que ? por que sou sentimental , por que tudo caia como uma bomba sobre mim , por que eu também sou humano .

_Justin por favor me desculpa , eu uma idiota eu não queria que você tive-se se machucado -abraçava ele forte por trás mais ele ficava intacto até que passou seu braço por trás me botando para frente-

Justin: você tem razão , é uma idiota e chorona -ele sorriu fraco e limpou um lágrima de minha bochecha que escorria- mais você fica linda sorrindo .

_Cala boca -disse manhosa afundando meu rosto em seu peitoral-

Justin: vai ficar aqui ?

_Você não me quer como amiga mais .

Justin: claro que quero sua bobona -ele beijou o topo da minha cabeça-

_Serio ? -levantei meu rosto encarando aquele par de olhos cor de mel que me levava ao extremo-

Justin: sério -ele abriu um sorriso me fazendo arrepiar-

_AAAAAAAAAAAAAAAH -pulei em cima dele enchendo com vários beijinhos no rosto-

Justin: para -ele falava rindo- você tá me babando sua babona .

_Poxa -fiz beicinho- tá bom -me soltei do abraço- não Justin -comecei a dar alguns passos para trás- Justin não por favor -eu já estava rindo antes mesmo que ele começasse-

Justin: corre! -ele veio pra cima de mim-

Dei as costas e comecei a correr , desci as escadas de dois em dois enquanto ele vinha atrás de mim  não dava pra deixar os altos risos . Começamos a correr pela casa toda , mais em menos de dois minutos acabei me rendendo pelo cansaço .

_tá bom você venceu -apoiei minhas mãos no joelhos derrotada-

Justin: eu...sempre venço -estávamos ofegante-

_Mais eu te casei -comecei a rir-

Justin: nem..cansou -ele deu um suspiro longo recuperando o fôlego- é só charme gata -ele piscou pra mim-

_É só charme gata -imitei ele-

Justin: mais é boba .

_Besta .

Justin: fraca .

_Idiota.

Justin: linda .

_Shrek .

Justin: Shrek ?

_Aham -afirmei com a cabeça- feio , ogro , chato mais com um bom coração .


6 comentários:

  1. mt perfeitooooooooooo... continuaaaaaa

    ResponderExcluir
  2. continua tá muito perfeito mais um capitulo hj!

    ResponderExcluir
  3. aaaaah QUE LINDO ESSE CAPITULO >< !! CONTINUAAAAAA

    ResponderExcluir
  4. Ameiii, perfeito perfeito!!! Continua!!!

    ResponderExcluir